EBI Connetion Center
ebi-e-commerce-de-natal

E-commerce de Natal tem alta no faturamento

O bom velinho trouxe uma generosa alta ao e-commerce de Natal, posteriormente a melhor Black Friday da história, com aumento de 29,9% no faturamento em relação a 2018.

De acordo com levantamento do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, o varejo digital brasileiro faturou R$14,1 bilhões entre 15 de novembro e 24 de dezembro.

“O ano de 2019 foi de forte crescimento para o comércio eletrônico e as vendas do Natal seguiram a mesma tendência e apresentaram resultados bem expressivos.” afirma André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

O ticket médio foi de R$ 310 e as categorias de produtos mais procurados são informática, celulares, eletrônicos, moda, acessórios e brinquedos, respectivamente.

De acordo com Mauricio Salvador, presidente da ABComm, o e-commerce de Natal seguiu a tendência das demais datas sazonais, que vem apresentando resultados positivos no ano.

“As previsões reafirmam um bom aquecimento, principalmente no meio digital, que tem cada vez mais frequência de consumidores”, afirmou.

Integração entre sistemas é essencial à eficiência no e-commerce de natal

Com a expectativa de aumento nas vendas, é primordial que os comércios eletrônicos invistam portanto cada vez mais na automatização e integração dos seus sistemas. É importante desenvolver uma estrutura sólida, e portanto capaz de suportar grandes volumes de transações.

A integração de sistemas permite assim que as empresas se tornem eficazes e ágeis perante o fluxo dos pedidos. Os processos acontecem de forma automatizada, desde a compra ao recebimento do pedido nos canais de distribuição.

A EBInterchange tem mais de 15 anos de experiência em soluções para integração de sistemas. Apresenta soluções capazes de integrar diversos ERPs, HUBs de Marketplaces assim como Lojas Virtuais de forma eficaz e segura.

Ferramentas para integração de sistemas

O EBI  Connection Center é um middleware com Arquitetura Enterprise desenvolvido pela EBInterchange. Ele tem a finalidade de integrar sistemas de forma simples, funcional, escalável e segura para suportar grande volume de conexões. O gerenciamento de conexões e eventos de TI realizadas via EBI Connection Center permite o Cross Analysis Environment. Dessa forma correlacionando eventos e informações de processos. O EBI Connection Center é altamente escalável e integrador de sistemas, seja ERP ou qualquer outro outro sistema.

Benefícios do EBI Connection Center da EBInterchange:

• Integrar e dessa forma agilizar processos;

• Facilitar a integração entre os parceiros de negócio;

• Suportar diferentes métodos de integração via EDI Gateway, API, Webservices, FT, DB, MQueue e outros;

• Automatizar processos afim de minimizar custos e vulnerabilidades;

• Maior produtividade;

• Expandir a relação com os parceiros de negócio;

• Gerenciar o processamento distribuído;

• Integrar diferentes tecnologias como IBM, SAP, ORACLE, TOTVS,  VTEX, Magento, e outros;

• Gerenciamento de operações de TI e negócios via Web Portal;

• Integrar sistemas de e-commerce no B2B assim como no B2C.

Conheça alguns dos sistemas de e-Commerce já integrados pela EBInterchange

  • Integração de sistemas ERPs como: SAP, Oracle, Totvs Proteus, Totvs DataSul, Eccosys, OnClick, OnClick KPL, e-Millenium, PWI, Cigan, Saci Nérus, Senior, Linx, Bling, Tiny e outros;
  • Plataformas e Hubs de e-commerce, como 00K e-Business Tools, VTEX, Tray, Tray Corp, Magento, WooCommerce, MercadoShops, Linx Core, AnyMarket, SkyHub, F1 Soluções entre outras outras;
  • Precificação e logística: Precifica, Sieve, Intellipost, Braspress, Gollog, Frete Rápido, Routeasy, Squid Fácil, fornecedores, distribuidores e muito mais;

Entre em contato com a EBInterchange e conheça nossas soluções de integrações e capacite seu comércio eletrônico para o crescimento!

aumento-vendas-black-friday

Varejo na Black Friday online fatura R$ 3,2 bi

O varejo brasileiro online faturou R$ 3,2 bilhões na Black Friday de 2019, aponta levantamento da Ebit|Nielsen. O dado é referente à receita registrada na quinta-feira (28), e na sexta-feira (29). O montante representa alta de 23,6% em relação à edição de 2018, quando as vendas somaram R$ 2,6 bilhões. O gasto médio por consumidor, no entanto, caiu de R$ 608 para R$ 602, queda de 1,1%.
Os números comprovam que de fato o evento já faz parte do calendário de compras do brasileiro, com crescimento ano a ano. As lojas mais tradicionais igualmente se mostraram mais preparados para o período promocional, compreendendo o que o mercado queria.

Além disso, as vendas confirmam a tendência de o consumidor adquirir a partir de dispositivos móveis. Foi identificado que 55% dos pedidos foram feitos a partir de celulares. Na comparação com 2018 portanto, a alta foi de 103%.
O faturamento via mobile neste expandiu 95%, chegando assim a R$ 1,7 bilhão, contra R$ 830 milhões do ano passado. O tíquete médio por esse meio foi de R$ 574, frente aos R$ 552 do ano anterior, alta de 4%.
Essa Black Friday se consolidou como o evento onde mais compras foram feitas através de celulares. Assim, garantir uma boa experiência mobile foi o diferencial para bons resultados.

Novos consumidores online

A Black Friday 2019 levaram 418 mil brasileiros a comprar pela primeira vez via internet. Isso representa uma alta de 12% em relação a 2018. A base total de compradores online neste ano foi de 2,85 milhões, uma expansão de 18,1% com relação a 2018.
Entre os motivadores para a adesão ao varejo online destaca-se o Instagram, que ultrapassou o Facebook e se tornou a mídia que mais motiva as compras.

Black Friday prolongada

Entretanto as promoções não se encerraram na sexta-feira. Muitos varejistas prolongam as promoções ao longo de sábado e domingo.
De acordo com o levantamento, houve faturamento de R$ 1,15 bilhão na soma de sábado e domingo. O crescimento é de 21% na comparação com 2018, quando o total em vendas foi de R$ 949 milhões.

Já o volume de pedidos chegou a 2,43 milhões, versus 1,87 milhão em 2018, variação de 30%. O tíquete médio teve queda de 7% frente a 2018 (R$ 507), ficando em R$ 471.
O brasileiro continuou adquirindo ao longo deste fim de semana, mas pela análise do tíquete médio, verificamos que foram itens de menor valor agregado. O final de semana foi usado para terminar as compras da Black Friday em si, quando as escolhas se concentraram mais em produtos de maior valor.

Varejo na Black Friday mobile em ritmo forte

No fim de semana, as compras por dispositivos móveis chegaram a R$ 668 milhões, alta de 67% com relação a 2018.
Verificou-se ainda uma expansão de 81% no volume de pedidos durante o sábado e o domingo de 2019 (1,5 milhão), enquanto no ano anterior o total foi de 832 mil pedidos. Na comparação com 2018, o tíquete médio para as compras por esse meio tiveram queda de 8%: R$ 444 (2019) e R$ 482 (2018).

Integração fundamental

Para que seja possível a administração de volumes de vendas tão grandes quanto os apresentados na Black Friday, é fundamental que o ERP e os canais de venda da empresa estejam integrados. Assim, o fluxo de processos ocorre de forma automática. Isso traz agilidade, eficiência e segurança ao processo de venda.

Confira as soluções em integrações da EBInterchange. Entre em contato conosco e saiba mais sobre integrações de sistemas.

fonte: https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/varejo-online-fatura-black-friday/

  • SAP-Nestlé

    EBI|CASES INTEGRAÇÃO

    Integramos a plataforma 00K com o SAP para vendas nos Marketplaces.

  • MeliCash

    EBI|CASES INTEGRAÇÃO

    Integramos os ERPs TOTVS com Plataformas e Hubs de vendas.

  • 00K Core

    EBI|CASES

    Integramos o Hub 00K com o SAP.

  • MeliAnalytics

    EBI|CASES INTEGRAÇÃO

    Integramos o sistema MeliCash com RP Oracle para gestão financeira com vendas no Mercado Livre.

  • MeliCash

    EBI|CASES INTEGRAÇÃO

    Integração do ERP TOTVS Datasul com as plataformas 00K e MercadoShops